História

A ARCIAL – Associação para a Recuperação de Crianças Inadaptadas de Oliveira do Hospital foi constituída por escritura pública de 14 de fevereiro de 1980, no Cartório Notarial de Oliveira do Hospital. Sendo registada como associação de duração ilimitada, que prossegue fins de interesse geral, não lucrativos. Desde a altura que está inscrita nas Finanças como Associação Social. No mesmo ano, através de Despacho publicado no Diário da República, II Série, nº 289, de 16 de dezembro, a ARCIAL foi reconhecida como pessoa coletiva de utilidade pública, nos termos do Decreto-Lei nº 460/77, de 7 de novembro.

Em 21 de outubro de 1992 a ARCIAL foi registada, na Direção Geral de Segurança Social, como Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS), depois de ter procedido, em 2 de outubro de 1991, a uma alteração dos seus Estatutos.

As atividades com utentes iniciaram-se a 31 de outubro de 1980, no edifício do antigo Colégio Brás Garcia Mascarenhas, em Oliveira do Hospital, que viria a funcionar como sede da instituição até 2010.

Desde a sua constituição que a ARCIAL promoveu a formação escolar e inserção social de crianças e jovens com deficiências e/ou incapacidades, para os quais as escolas regulares, ao nível do 1.º Ciclo do Ensino Básico, não apresentavam capacidade de resposta. Proporcionou ainda às crianças e jovens que aí desenvolveram a sua formação a possibilidade de efetuarem uma primeira abordagem a uma ocupação profissional, através da frequência de áreas de formação Pré-Profissional. Apoiada pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) era ministrada formação nas áreas de Cestaria e de Tecelagem.

Mais tarde, o acordo estabelecido com o Centro Regional de Segurança Social possibilitou o funcionamento de um Centro de Atividades Ocupacionais (CAO) para apoio a utentes com idade igual ou superior a 16 anos que não reunissem condições físicas e/ou mentais que permitissem o desenvolvimento de uma atividade profissional ou a aplicabilidade do regime de emprego protegido.

A partir de 1992, e após candidatura aprovada pelo IEFP, no âmbito do Programa Integrar, a ARCIAL passou também a proporcionar formação e integração profissional de jovens. Iniciada com um curso de Costura, frequentado por cinco Formandos, a Formação Profissional já ministrou os cursos de Serviços Domésticos e Limpezas, de Conserto de Calçado e de Ajudante de Cozinha. Presentemente estão em funcionamento os cursos de Cozinheiro/a, Costureiro/Modista; Assistente Familiar e de Apoio à Comunidade, Padaria e Pastelaria e Operador/a de Jardinagem.

Com a transição para o novo século, chegou a vez da criação da Arcial Serviços, empresa de inserção que iniciou atividade em fevereiro de 2000 e desenvolve atividade nas áreas de jardinagem e limpeza ao domicílio.

A 17 de fevereiro de 2010 foi inaugurada uma nova sede, na Rua António Monteiro, ainda em Oliveira do Hospital, um edifício moderno e adequado à implementação dos novos princípios que balizam os desafios da inclusão e dos reptos lançados pelas respostas sociais que foram sendo abraçadas ao longo de três décadas.

Quatro anos depois, em fevereiro de 2014, foram inauguradas duas residências autónomas, as primeiras do concelho de Oliveira do Hospital (uma feminina e uma masculina), com capacidade para acolhimento de dez utentes (cinco por edifício). E no ano seguinte, foi adotada uma nova denominação, passando a instituição a responder como ARCIAL – Associação para a Recuperação de Cidadãos Inadaptadas de Oliveira do Hospital

A partir de setembro de 2017 a ARCIAL passou também a administrar o CRI (Centro de Recursos para a Inclusão) que presta apoio escolar e acompanhamento específico aos alunos dos agrupamentos de escolas de Oliveira do Hospital e de Tábua, num regresso à sua matriz fundadora de acompanhamento de jovens em idade escolar.

Finalmente, em março de 2021, as atividades ocupacionais passaram a ser desenvolvidas pelo CACI – Centro de Atividades e Capacitação para a Inclusão, que veio substituir o CAO. Foi a última atualização duma intensa História que há mais de quatro décadas se tem renovado permanentemente e que vai preparando novos episódios, testemunhos da vontade de inovação e do compromisso com o serviço público vivenciados por todos quanto passam pela ARCIAL.

Contribuição no IRS
Seguir nas redes sociais